Liga de Nefrologia da UCPel promove ação em escolas públicas

A prevenção da doença renal começa na infância. Para divulgar este alerta, a Liga de Nefrologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) promoveu no mês de março atividades informativas em escolas da Rede Pública. A ação teve como objetivo mostrar a necessidade da adoção de hábitos saudáveis para evitar o desenvolvimento da doença, que é silenciosa e afeta de forma considerável a qualidade de vida.       
Vinte acadêmicos, coordenados pela professora Maristela Bohlke, visitaram as escolas Adolfo Fetter e Padre Rambo. Palestra e divulgação de material informativo com orientações sobre a importância de se ter uma boa alimentação, aliada à prática de exercícios físicos e hábitos de vida saudáveis, foram o foco das ações. 
Conforme a acadêmica do curso de Medicina, Raíra de Freitas, 195 estudantes participaram da atividade, que também ocorreu em diversas cidades do Brasil e foi promovida pela Sociedade Brasileira de Nefrologia. Abaixo seguem algumas orientações para prevenir a doença desde cedo. Confira:   
Porque é preciso prevenir a doença desde cedo: 
1 – A doença renal crônica (DRC) em crianças traz consequências devastadoras para o crescimento, desenvolvimento cerebral e expectativa de vida ao nascer
2 – O tratamento dessa condição de alta complexidade é difícil, caro e trabalhoso
3 – A progressão da DRC pode ser retardada, desde que o diagnóstico seja feito a tempo para a adoção de medidas apropriadas
4 – No Brasil há diferenças regionais importantes na incidência e prevalência da DRC, com maior frequência da doença nas regiões Sul e Sudeste
5 – O diagnóstico da DRC em crianças no Brasil na maioria das vezes é tardio e incompleto
6 – O Dia Mundial do Rim de 2016 está centrado na DRC na infância e nos antecedentes da DRC do adulto que podem começar na infância
7 – A DRC na infância é diferente da desenvolvida pelos adultos. As anomalias congênitas e as doenças hereditárias são os diagnósticos mais frequentes, enquanto glomerulopatias e doença renal por diabetes são incomuns
8 – É necessário um grande esforço para que as crianças com DRC, onde quer que vivam, possam ser tratadas de forma eficaz, independentemente das suas circunstâncias geográficas ou econômicas
Oito dicas de ouro para evitar a doença renal:
1 – Tenha hábitos alimentares saudáveis
2 – Não fume
3 – Controle seu peso
4 – Controle a pressão arterial
5 – Não tome medicamentos sem orientação médica
6 – Beba água
7 – Se for diabético ou tiver histórico de diabetes na família, controle a glicemia (açúcar no sangue)
8 – Pratique atividade física regularmente
 
Como saber se você corre risco:
1 – Você tem pressão alta?
2 – Você sofre de diabetes mellitus?
3 – Há pessoas com doença renal crônica na sua família?
4 – Você está acima do peso ideal?
5 – Você fuma?
6 – Você tem mais que 50 anos?
7 – Você tem doença cardiovascular? 
Fonte: Sociedade Brasileira de Nefrologia

foto da notícia