Jornada Multiprofissional em Saúde do Idoso prossegue na UCPel

A Jornada Multiprofissional em Saúde do Idoso, promovida pela Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso e pela Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia do curso de Medicina da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), prossegue nesta quinta-feira (25), a partir das 19h15min, no Auditório Dom Antônio Zattera. O primeiro dia do evento tratou de uso racional de medicamentos, distúrbios cognitivos e espiritualidade na terceira idade. No segundo e último dia de programação estarão em evidência assuntos relacionados à sarcopenia, terapia ocupacional e saúde bucal.
Um dos principais objetivos da jornada é despertar o interesse para essa área de atuação, em alta por questões demográficas, visto que o Brasil hoje já tem aproximadamente 15 milhões de idosos e a expectativa é de que serão 58,4 milhões de pessoas nessa faixa etária até 2060. Razão pela qual também o foco da organização do evento foi compor uma programação com palestrantes que trabalham de forma direta com idosos, a partir de interesses dos próprios estudantes e com auxílio dos professores.
Segundo a coordenadora da Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso, professora e enfermeira Ana Azevedo, como a UCPel tem a residência e um ambulatório de geriatria no Campus da Saúde Franklin Olivé Leite, com atuação direta dos alunos, a jornada é um resultado dessa atenção voltada à área. “Os residentes têm uma carga horária bem pesada, tanto de prática como de teoria, quando veem muitas coisas de assuntos variados. Então, esse é o momento em que eles aproveitam para acompanhar assuntos específicos”, pontuou. 
Conforme a professora do curso de Medicina, preceptora do ambulatório de Geriatria da UCPel e coordenadora da Liga Acadêmica de Geriatria e Gerontologia, Isabel Lorenzet, o evento se propõe também a divulgar as opções terapêuticas de saúde do idoso, ampliando o conhecimento da área de atuação multiprofissional para essa faixa etária específica, de forma que os estudantes e profissionais conheçam a multidisciplinaridade. “Queremos mostrar que o idoso deve ser tratado dessa forma, com o indivíduo sendo visto de forma global, e não segmentada, apenas pela Medicina”, explicou.
Confira a programação desta quinta-feira:
19h15min – Sarcopenia – Médico Thiago Barboza
20h – Intervenção da Terapia Ocupacional junto ao idoso -Terapeuta Ocupacional Zayanna Zatts 
21h – Cuidados com a saúde bucal do idoso – Odontólogo Eduardo Dickie
21h45min – Sorteio de brindes e encerramento