Atlética de Medicina da UCPel integra elite dos jogos universitários

A Associação Atlética Acadêmica de Medicina da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) se classificou para a série A dos jogos das Escolas Médicas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O evento, IntermedSul, ocorreu entre 28 de abril e primeiro de maio, em Santa Cruz do Sul (RS).
Desde 2016, o grupo joga a série B da competição em quatro modalidades: basquete, futsal, handebol e vôlei, todas nas categorias feminino e masculino. Com a classificação para a série A em 2019, a atlética irá disputar outros 16 esportes, entre eles futebol de sete, tênis, atletismo, judô e natação.
Conforme o coordenador esportivo da atlética, acadêmico Franco Manosso, o curso ganhou primeiro lugar nas categorias basquete e handebol feminino, segundo lugar no handebol masculino e terceiro lugar no vôlei feminino. “Esses resultados só foram possíveis porque os alunos aderiram a atlética e também pela regularidade dos nossos treinos semanais”, enfatiza.
Para a presidente da atlética, acadêmica Luísa Lise Simoneti, foi um desafio reestruturar o grupo e desenvolver a tradição esportiva na Universidade. “A Universidade não tinha a cultura do esporte e foi algo que passamos a buscar, por isso atingir a série A consolidou o nosso crescimento”, acredita. Além disso, segundo a aluna, 236 pessoas – entre estudantes, médicos graduados e residentes – formaram a delegação presente no evento.
Os próximos planos da Atlética pretendem promover a interação com a comunidade pelotense através de eventos esportivos. “Enquanto estudantes de medicina precisamos atuar na comunidade e estamos buscando esse link”, explica o acadêmico. O envolvimento com o esporte ainda é benéfico para os acadêmicos do curso de Medicina. “Muitos estudantes do curso entram em depressão, então a atlética vai atuar na atenção à saúde psiquiátrica dos acadêmicos”, completa.
Até a próxima edição do IntermedSul, a atlética pretende participar de outros eventos esportivos, como os Jogos Universitários de Medicina do Rio Grande do Sul e OktoberMed. Um campeonato interno entre as turmas da universidade também faz parte dos planos de 2018. 
Redação: Piero Vicenzi