Novas clínicas odontológicas da UCPel ampliam serviços à comunidade


918  25 de abril de 2019

Inauguradas em março, as duas novas clínicas do curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) ampliaram os serviços prestados via Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de agora, a comunidade também conta com reabilitação protética, extração de sisos e atendimento odontológico para crianças entre oito e 12 anos. Além disso, os consultórios proporcionam espaço para atuação prática de acadêmicos.

A cada início de semestre, o curso realiza triagem para novos atendimentos, conforme explica a coordenadora da graduação, professora Patrícia Guerreiro. Após seleção, os pacientes são chamados de acordo com lista de espera, à medida que as atividades avançam. “Os alunos aprendem fazendo na prática aquilo que depois, como profissionais, vão fazer em seus consultórios”, acrescenta.

Para a professora Katerine Pilownic, as clínicas são centro de referência para pacientes que não conseguem ser atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Ainda, propiciam momento para alunos executarem aprendizados das aulas teóricas. Como exemplo, cita os preparos para a clínica infantil, com foco em prevenção e promoção de saúde bucal.

O atendimento infantil exige técnicas específicas, como o dizer, mostrar e fazer, na qual o aluno mostra o ambiente e os instrumentos antes do procedimento. Também, a clínica recebe incentivos, como brinquedos e decorações, e lembrancinhas para os pacientes por bom comportamento. “Está sendo gratificante, as crianças nos passam um ótimo reconhecimento”, afirma a acadêmica Raisa Munhoz.

Até agora, conforme conta a professora, a principal doença dos pacientes infantis é a cárie. Desse modo, os alunos orientam sobre escovação e alimentação junto aos procedimentos, a fim de motivar a criança e o núcleo familiar. “A gente reforça que nós somos apenas um instrumento para reparar as sequelas existentes e que é possível ficar livre da doença com cuidados diários”, coloca.

O tratamento diferenciado visa passar segurança às crianças para, assim, promover incentivo à saúde bucal durante a fase de troca de dentição. Segundo a estudante Ana Luiza Haertel, o novo serviço gera aprendizado na troca e cuidado com os pacientes. “Já vi que a pediatria é um caminho a seguir, porque me sinto preparada para atender as crianças”, acrescenta.

Confira mais no vídeo abaixo:

Paciente da clínica adulta da UCPel, Núbia Bunde, levou as duas filhas para o atendimento odontológico pediátrico com os acadêmicos, para que possam cuidar dos dentes desde cedo. Já Vilson Rediss, pai de outro paciente infantil, busca incentivo à saúde bucal. “Os alunos ensinam e nós aprendemos junto, é muito bom”, destaca.

As três clínicas odontológicas ficam localizadas no Campus Saúde, na Avenida Fernando Osório, 1.586. De acordo com a coordenadora da graduação, nova triagem de pacientes deve ser aberta no início do segundo semestre letivo de 2019.

 

Redação: Piero Vicenzi

foto da notícia