Ícone do site Medicina

Adolescer levará atividades ligadas à saúde para escolas públicas de Pelotas

Com o objetivo de aproximar o adolescente dos serviços de saúde, a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) conta neste ano letivo com o projeto Adolescer. Além de aprendizado prático proporcionado aos alunos, as atividades aproximam a UCPel da comunidade.

De acordo com o professor do curso de Medicina da universidade e coordenador do Adolescer, Alexandre Moch, a iniciativa surgiu com a finalidade de abordar temas de promoção à saúde, especialmente relacionados à sexualidade. “Então, o Adolescer é cuidar do adolescente, levando em consideração suas particularidades, da forma de trabalhar educação aos pares, aproximando o adolescente dos serviços de saúde”, explica.

O coordenador ainda ressalta que as ações desenvolvidas pelo projeto irão proporcionar aos alunos da UCPel o trabalho em comunidade, ampliando o conceito integral de saúde, promoção e educação. “O Projeto está voltado aos adolescentes, expondo nossos acadêmicos às particularidades que é atuar com este público, como especificidades de comunicação e demandas”, comenta Moch.

Ações planejadas

As atividades serão concentradas nos bairros em que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) são administradas pela UCPel. Inicialmente, será feito o diagnóstico sobre as escolas públicas presentes nestes locais, juntamente do contato com as equipes diretivas para apresentar o projeto e firmar parcerias vinculando com as atividades do Programa Saúde na Escola e auxiliando as equipes de Estratégia de Saúde da Família. Após esse processo, as ações terão início.

Podem participar de forma voluntária do Adolescer, acadêmicos da UCPel dos cursos da área da saúde. Interessados devem entrar em contato com o coordenador Alexandre Moch pelo telefone (51) 99671-2124.

Ligado a Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina do Brasil (IFMSA), a atividade de extensão faz parte dos 47 projetos/programas aprovados pelo Escritório de Desenvolvimento Regional (EDR/UCPel) para o ano letivo de 2022. 

 

Redação: Kauã Blank 

Sair da versão mobile