MEEC/UCPel desenvolve simuladores médicos para sutura

A prática dos futuros médicos deve se tornar mais precisa através da utilização de placas de sutura em sala de aula. Os objetos que servirão para treinamento dos estudantes do curso de Medicina estão sendo desenvolvidos pelo Mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação (MEEC) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel).

“A placa é importante porque permite que os alunos façam uso de um simulador parecido com a pele humana e aprendam vários pontos cirúrgicos, aperfeiçoando a técnica de sutura”, comenta o professor do MEEC, Everton Granemann Souza, que colabora com o projeto na confecção dos objetos.

A criação da placa de sutura foi uma demanda da Central de Laboratórios da Universidade e o projeto se encontra sob coordenação da professora Chiara das Dores do Nascimento, que possui mestrado em Física Médica. A pesquisadora também está desenvolvendo simuladores de mama.

As placas de sutura são feitas à base de borracha de silicone e encaixadas em um molde produzido em impressoras 3D.  A primeira produção foi encaminhada aos professores da Medicina para que sejam realizados testes.

 

Redação: Max Cirne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *