fbpx
Save the date

Atuando na Universidade Católica de Pelotas (UCPel) há quatro anos, o professor Adriano de Assis assumiu recentemente a coordenação do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Comportamento (PPGSC). Dentre sua proposta de trabalho, está a qualificação da nota do PPG junto à CAPES na avaliação quadrienal de 2021-2024.

De acordo com o docente, a intenção é dar continuidade ao trabalho realizado na gestão anterior, assim como contribuir para aumentar a visibilidade do PPG e de seus projetos. “Pretendemos também criar uma conexão maior com a comunidade através de palestras, eventos, vídeos, e estimular a produção intelectual por parte dos discentes e docentes”. 

Para o Laboratório de Neurociências Clínicas, o objetivo será o de valorizar a produção intelectual de seus pesquisadores. O espaço foi reformado e comporta estudos desde pré-clínicos, como o cultivo de células, quanto a estudos clínicos, com amostras de pacientes. Disponibilizando equipamentos de última geração, o Laboratório pode realizar análises metabólicas, hormonais, genéticas e de biologia molecular.

Para o coordenador, um dos desafios da nova função será o de assumir o cargo em um período de atividades remotas. “Esse é o primeiro ano de avaliação dos PPGs pela CAPES, a avaliação geral é quadrienal. Portanto, 2021 é um ano estratégico em que deveremos estruturar o planejamento para os próximos três anos com o objetivo de aumentar a nossa nota”, diz.

Atualmente, a nota do Programa junto a CAPES é quatro (o máximo é sete). A intenção será elevar a avaliação após o próximo quadriênio com o principal objetivo de atrair mais benefícios e financiamentos.

 

Currículo 

O professor Adriano de Assis possui bacharelado em Educação Física, especialização em Ciências da Saúde, mestrado e doutorado em Ciências Biológicas: Bioquímica. Tem dois pós-doutorados, nas áreas de Biologia Celular e Neuroquímica. 

Como docente, já atuou na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e na Universidade de Lausanne (UNIL/Suíça).

Na UCPel, possui vínculo de docente e pesquisador do PPG em Saúde e Comportamento, com orientação de projetos relacionados a neurociência e comportamento. É um dos professores responsáveis pelo Laboratório de Neurociências Clínicas. Na graduação, ministra disciplinas nos cursos de Farmácia, Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem e Medicina.   

 

Pesquisas 

Atualmente, Assis está à frente de pesquisas na área de neurociência e comportamento. Nos últimos 2 anos, recebeu financiamento do CNPq para realização de um projeto na área da Doença de Alzheimer, com foco nas alterações precoces da doença em modelo de cultura de células. 

Seguindo o modelo da pesquisa desenvolvida sobre a doença de Alzheimer, o PPGSC começa um novo estudo em parceria com um Centro de Pesquisas em Havana, Cuba, sobre os efeitos neuroprotetores de molécula sintetizada em laboratório. 

O docente ainda participa de estudo sobre alterações no metabolismo cerebral pós-isquemia em modelo experimental, feito em parceria com a UFRGS. Também colabora com a pesquisa sobre depressão pós-parto desenvolvida na UCPel e coordenada pelo professor Ricardo Pinheiro. 

 

Redação: Rita Wicth – MTB 14101

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.