medicina mais avançada do mundo

Promover o bem-estar e a saúde de uma população não é tarefa fácil, e são diversos os fatores que influenciam a qualidade de vida das pessoas, variando desde questões como alimentação saudável e rotina de cuidados com o corpo até questões climáticas, como temperatura e umidade. Mas nada disso supera ter a medicina mais avançada do mundo.

A estrutura médica de um país é fundamental para garantir a saúde de sua população. Por isso, para existir um sistema de saúde confiável e de excelência, é necessário também que haja instituições de ensino de qualidade na área. Levando em conta essas questões, preparamos um texto sobre os países com o melhor sistema de saúde do mundo e suas características. Confira!

Powered by Rock Convert

Onde a medicina é mais avançada?

De maneira geral, os países com a medicina mais desenvolvida costumam ser também aqueles com as melhores escolas de formação nessa área. Podemos perceber essa relação quando comparamos dois rankings diferentes: o das melhores universidades de Medicina e o dos melhores hospitais do mundo.

A consultoria inglesa QS divulgou um ranking apontando as melhores universidades para se estudar, levando em conta a área de atuação. No caso da Medicina, a maior parte das instituições de ensino estava nos Estados Unidos. Os efeitos dessas escolas podem ser percebidos também em outros níveis, como na qualidade dos hospitais da região em que estão inseridas.

Em 2019, a revista norte-americana Newsweek organizou um ranking dos melhores hospitais do mundo, que estariam na vanguarda da saúde ao proporcionar um atendimento de alto nível aos pacientes. Analisando 11 países com base no padrão de vida/expectativa de vida, tamanho populacional, número de hospitais e disponibilidade de dados, a revista aponta que quatro dos dez melhores hospitais se encontram nos EUA.

Não é mera coincidência os locais em que estão concentradas as melhores instituições de ensino de Medicina serem também os lugares que têm as melhores condições de atendimento médico. A excelência de um serviço começa pela formação de seus profissionais.

Quem tem a melhor saúde pública?

Uma formação eficiente dos profissionais da saúde é, sem dúvida, o elemento fundamental para garantir a medicina mais avançada do mundo. Apesar disso, esse não é o único critério. Por mais que os profissionais de saúde sejam excelentes, também é necessário que a população tenha acesso a esses profissionais.

Quando analisamos os 10 melhores sistemas de saúde do mundo, notamos que todos eles, de uma forma ou de outra, se preocupam em garantir aos seus cidadãos o acesso à saúde. São diversas as formas como isso acontece. Cada um dos 10 países se organiza de acordo com sua realidade e necessidade.

Cuba, por exemplo, além de ter uma das melhores faculdades de Medicina do mundo, oferece ótimos sistemas de assistência preventiva, o que faz com que possíveis doenças sejam percebidas ainda na fase inicial, facilitando o tratamento. Já na Alemanha, existem 200 planos de saúde disponíveis para a população, e aqueles que não podem pagar por eles podem utilizar do serviço de assistência pública.

O país que tem o melhor sistema de saúde do mundo é Taiwan. Lá, foi desenvolvido um sistema de cartões inteligentes, que compilam todo o histórico médico dos cidadãos desde o nascimento. Dessa forma fica muito mais fácil o diagnóstico de possíveis problemas de saúde.

Powered by Rock Convert

Qual é o país mais saudável do mundo? 

O bem-estar de uma população passa pelo acesso à saúde e pela capacitação eficiente dos profissionais dessa área, mas não para por aí. Algumas questões culturais também são importantes para garantir a vida saudável de uma população. É o que demonstram os países mais saudáveis do mundo.

O índice global da Bloomberg, organizado em 2019, apontou que os países do Mediterrâneo, como Espanha e Itália, são os mais saudáveis do mundo. A lista mede a saúde de um país levando em consideração desde o comportamento social, como alimentação e cuidados com o corpo, até a influência do clima na vida das pessoas. Fatores como expectativa de vida e acesso à água limpa somam pontos positivos, enquanto o uso de álcool e tabaco, por exemplo, reduz a nota.

Entre os diversos critérios que justificam a primeira posição da Espanha se encontra a alta expectativa de vida dos cidadãos (a terceira maior do mundo). Esse índice é fruto do acesso à saúde pública de qualidade, do alto número de médicos especializados em atendimento familiar e da cultura.

Os hábitos alimentares mediterrâneos são pontos importantes, apontam os especialistas consultados. A dieta local, suplementada com azeite extra virgem e castanhas, possibilita uma taxa menor de problemas cardiovasculares do que aquelas que focam apenas na redução de gorduras. A saúde de um país depende de sua estrutura, mas também tem a ver com os costumes da população.

Como é o ensino da Medicina no Brasil?

Embora o Brasil ainda precise melhorar em vários aspectos de saúde pública, não podemos deixar de perceber nossos avanços na área. Por exemplo, o Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores e mais complexos do mundo. Além disso, na América Latina, quatro das dez melhores universidades de Medicina estão em nosso país, e esse número pode aumentar.

Nos últimos 20 anos, o número de cursos de Medicina no Brasil cresceu bastante. Em 1997, havia 85 escolas médicas no país; hoje, existem mais de 300. Esse avanço pode ser um ponto positivo no caminho de uma melhor saúde pública, mas não é garantia. Como vimos anteriormente, o diferencial da medicina avançada está em sua qualidade.

Em 2018, o Ministério da Educação (MEC) proibiu a criação de novos cursos de Medicina por cinco anos, com o objetivo de preservar a qualidade do ensino. Diversas faculdades foram consideradas incapazes de formar devidamente os profissionais da área.

Para haver uma boa saúde pública, é necessário qualidade de formação nesse setor. Por isso é importante o papel de instituições reconhecidas. A UCPel é um bom exemplo. Conta com quase 60 anos de tradição, tem curso hospitalar próprio, além de administrar seis Unidades Básicas de Saúde na cidade de Pelotas. A instituição tem uma trajetória sólida, em que a saúde coletiva é prioridade.

Powered by Rock Convert

Alcançar a medicina mais avançada do mundo é um processo complexo e são diversos os fatores que influenciam essa caminhada. Sem dúvida, o principal deles é possibilitar uma formação de qualidade para os profissionais dessa área.

Quer saber mais sobre o universo da Medicina? Siga nossas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *