o que é mindfulness

Um problema comum a muitos estudantes é a dificuldade para estudar e executar as múltiplas tarefas que envolvem a sua rotina. Entretanto, existem formas simples e viáveis de melhorar esse desempenho. Neste texto, explicaremos o que é mindfulness e como ele pode fazer grande diferença na sua trajetória como estudante e até mesmo na sua futura vida profissional.

Aqui, você aprenderá o conceito de mindfulness e como aplicá-lo de maneira prática em seu cotidiano. Além disso, apresentaremos cinco diferentes vantagens obtidas por quem o pratica. Para quem faz Medicina, um curso que envolve muita dedicação, pode ser realmente útil. Vamos lá?

O que é mindfulness?

A origem da palavra, de língua inglesa, remete a uma combinação entre mind (mente, cérebro) e full (cheia, completa). É um conceito do campo da Psicologia que aponta para a capacidade que um indivíduo tem de forçar sua mente a focar totalmente em uma atividade, sem se distrair com pensamentos de outra ordem ou incômodos ambientais.

Ou seja, é necessário um esforço individual para atingir esse estado de total atenção. Vivemos em um contexto social que nos envia estímulos o tempo inteiro, tirando nossa capacidade de concentração e frustrando quem precisa realmente focar em uma única atividade.

Por um lado, para adquirir o mindfulness, é preciso cuidar do local onde você está trabalhando: desligue celulares e outros aparelhos, procure um ambiente silencioso, etc. Por outro, você terá de treinar essa capacidade com sua vontade própria, de forma a conseguir alcançá-la com cada vez mais facilidade.

Vantagens de aplicar o mindfulness em sua rotina

Diminui a ansiedade

O aumento da angústia é uma consequência imediata de quem não consegue manter o foco. Na medida em que não conseguimos alcançar os objetivos de estudo que determinamos, acabamos por ficar ainda mais incapazes de atingi-los, o que pode até mesmo gerar uma espiral de ansiedade e frustração.

Quando paramos um pouco e nos forçamos a prestar atenção no que estamos fazendo, essa atitude já é capaz de trazer a tranquilidade necessária e recobrar a confiança de que você é capaz de absorver os conteúdos e completar as tarefas que se propõe. À medida que esses objetivos forem sendo completados, esse processo ajudará a afastar de si a ansiedade de maneira geral.

Ajuda a diminuir as distrações da mente

Nossa mente está o tempo inteiro funcionando e pode ser uma grande inimiga de quem quer prestar um concurso de vestibular ou terminar um trabalho da faculdade. Não devemos subestimar nossa capacidade de distração com estímulos externos, por isso é importante buscar alternativas concretas para não cair em certas armadilhas.

Praticar o foco de sua atenção, assim como se praticam exercícios físicos, e tratá-la como um músculo a ser trabalhado certamente ajudará a ter um domínio maior sobre seu cérebro, afastando as distrações tanto dos pensamentos quanto do ambiente.

Aumenta a autoestima

Você pode estar se perguntando o que a concentração tem a ver com a autoestima, mas na verdade existe uma relação de causalidade entre elas. Quando você consegue realizar mais feitos, e principalmente terminá-los, isso trará um ganho na percepção que tem sobre si mesmo.

Um sintoma frequente nas pessoas que têm dificuldades crônicas de concentração é a baixa autoestima, gerando muitas vezes uma percepção distorcida sobre si mesmas e suas capacidades. Faz parte do processo do mindfulness um esforço voluntário para afastar da mente o que comumente chamamos de “pensamentos negativos”.

De fato, mergulhar nesses pensamentos pode ser um caminho para prejudicar ainda mais seu desempenho enquanto estudante ou profissional. Sendo assim, quando os afastamos de nossa cabeça e focamos intensamente na solução de problemas objetivos, isso nos torna pessoas mais confiantes e capazes de realizá-los.

Controla problemas como a insônia

Como falamos anteriormente, a mente pode ser tratada como um tipo diferente de músculo. Se a deixamos parada ou dispersa, ela tende a se manter acesa mesmo na hora de dormir. Por outro lado, se conseguimos esgotar nossas energias mentais focando em tarefas específicas ao longo do dia, sua vontade de dormir à noite estará mais garantida.

Ao mesmo tempo, o mindfulness pode ser usado para outras coisas além do estudo. Ele pode realmente ajudar nos processos de indução do sono, basta usar os mesmos princípios que ensinamos acima. Quando for a hora certa de deitar, você deve se afastar dos estímulos prejudiciais, como celular e televisão, e focar sua atenção naquela atividade que importa no momento: pegar no sono.

Melhora a capacidade de concentração

O mindfulness é uma habilidade que pode ser aprendida e desenvolvida com o passar do tempo. Você eventualmente será capaz de atingir esse estado com muita facilidade, tornando sua concentração uma presença mais constante do que anteriormente. Para quem já está acostumado a praticar esse exercício, a concentração acaba por se tornar um fator quase que automático no início de uma nova atividade, ao invés de algo que você precisará se forçar para que ocorra.

Powered by Rock Convert

Desenvolve habilidades de resolução de problemas

Além da ajuda para as tarefas do cotidiano, o mindfulness pode ser de grande utilidade em situações de aperto ou até mesmo de crises. Quando pensamos no momento de fazer uma prova importante, é muito fácil nos perdermos nos próprios pensamentos negativos e inseguranças de forma a atrapalhar o desempenho geral.

Por isso, é extremamente necessário conseguir separar essas coisas e focar apenas na avaliação, quando for fazer um vestibular importante, por exemplo. Quando estamos sob pressão, podemos até mesmo perder habilidades e conhecimentos já adquiridos, simplesmente por culpa de uma ansiedade que geramos em nós mesmos.

Pensando fora da sala de aula e dos vestibulares, a capacidade de resolução de problemas em momentos de crise é uma característica desejada em qualquer contexto de trabalho. Tão importante quanto o saber técnico, conseguir prestar atenção no que está fazendo e oferecer soluções criativas para os problemas diversos que aparecem no cotidiano.

Aprendemos até aqui o que é mindfulness, um conceito criado a partir dos estudos sobre o funcionamento da mente humana. Ele aponta para uma função consciente que podemos desenvolver, que é a de manter plena atenção na atividade que estamos realizando, deixando de fora quaisquer outros pensamentos e ignorando estímulos ambientais que venham a atrapalhar a finalização da tarefa que realmente importa.

Vimos também os múltiplos benefícios obtidos por quem incorpora o mindfulness em seu cotidiano. Ele torna a pessoa mais capaz de lidar com as exigências de um processo seletivo ou da vida universitária, podendo ser de grande ajuda para a entrada no mercado de trabalho. Além disso, ele pode ajudar a se desenvolver em outras esferas importantes da vida, como o cuidado consigo mesmo e a autoestima.

Quem sabe essa não é a técnica de que você precisava para alavancar seu rendimento nos estudos? Siga-nos em nossas redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube e Instagram) para ter acesso a outros conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *