anasem

Você sabe o que é a Anasem (Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina)? Já parou para pensar em como esse tipo de avaliação impacta o futuro profissional do estudante de Medicina? A Anasem é a avaliação básica para a entrada na residência médica e para a obtenção do diploma.

Com esse exame, o MEC (Ministério da Educação) também busca avaliar a formação em Medicina no Brasil. Por isso, os alunos devem fazer as provas em 3 diferentes períodos do curso — segundo, quarto e sexto ano. Ainda recente, criado em 2016, é comum surgirem dúvidas em relação às aplicações, resultados e realização. 

Pensando nisso, preparamos, neste post, um guia sobre como funciona a Anasem. Boa leitura!

O que é a Anasem

De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa), as inscrições para as provas são realizadas pela coordenação dos cursos no site do Instituto. A Lei nº 12.871, de 2013, além de instituir o Mais Médicos, também previu a criação de uma avaliação específica aos cursos de Medicina — a Anasem.

Com a informação individual disponibilizada apenas de maneira sigilosa para cada estudante, a divulgação das médias nacional e da turma servirão de base para a aplicação de melhorias, como veremos. Nem mesmo a instituição de ensino terá informações sobre a identificação dos alunos, pois o intuito é traçar uma escala de proficiência de acordo com o desempenho e basear-se nela para alinhar qualidade de ensino e aprendizado.

Como funciona essa avaliação

Em 2016, o MEC anunciou a aplicação da Anasem pelo Inep. Com realização de 2 em 2 anos, o intuito é avaliar o conhecimento adquirido pelo estudante nesse tempo, ou seja, um modo de verificar a qualidade dos cursos de Medicina e do ensino realizado nas faculdades por meio da avaliação de desempenho de seus graduandos.

Com os resultados dos exames, será possível identificar pontos positivos e negativos no ensino e aprendizado, proporcionando dados e informações pertinentes para mudanças como um todo (ou seja, a nível nacional) e também dentro de cada instituição de ensino. Lembrando que o objetivo principal do exame é melhorar a qualificação dos futuros médicos.

As duas primeiras etapas de prova servem para conhecer o nível de conhecimento adquirido nesse período que abrange os dois primeiros anos de faculdade e, depois de dois anos da primeira avaliação, os quatro primeiros anos. O conteúdo é adequado ao que se tem como base curricular nessas etapas e servem como parâmetro para medir a evolução do aprendizado.

Já na última etapa, realizada no sexto ano de estudos, mais especificamente, ao final do curso, a Anasem aplica uma nota de corte que deve ser superada pelo formando para validar o diploma e a participação em processos de residência médica. Com isso, é indispensável manter a organização e se preparar para os testes durante toda a graduação.

Powered by Rock Convert

4 dicas para se preparar para a prova

Vimos que é fundamental se preparar para essa avaliação. Pensando nisso, separamos algumas dicas básicas para o estudante não se enrolar. Confira!

1. Prepare-se com antecedência

Como em qualquer processo seletivo a preparação para a prova da Anasem não pode ser ignorada ou deixada para a última hora. O estudante de Medicina já está constantemente exposto a provas e exames, já que é um dos vestibulares mais concorridos no país, por isso, manter o ritmo de estudos é essencial para não acumular conteúdo.

2. Faça simulados

Os simulados podem ser aplicados pela própria faculdade ou por cursinhos especializados nesse tipo de avaliação. Como a Anasem ainda é um novo método de exame, fica mais difícil encontrar provas anteriores, contudo, aquelas já existentes também podem ajudar você a ter uma noção de como funciona a prova.

3. Estude em grupos

Uma das maneiras mais eficientes de garantir um aprendizado extra é nos grupos de estudos. Neles, os colegas compartilham os conhecimentos e sempre tem aquela pessoa com mais facilidade em uma ou outra disciplina, assim todo mundo acaba se ajudando.

4. Conheça cada etapa

Para cada uma das etapas dessa avaliação, são exigidos conteúdos específicos. Veja os principais deles:

  • 2º ano: estrutura e funcionamento do organismo, diagnóstico e abordagem de pacientes, políticas e programas de saúde (SUS), conceitos de biossegurança, metodologia científica com base na sustentação de argumentações e decisões, etc.; 
  • 4º ano: sintomas de patologias, interpretação de exames, conhecimentos sobre os fármacos, identificação de materiais e procedimentos cirúrgicos, princípios éticos, habilidades e etapas de consultas, etc.;
  • 6º ano: diagnóstico e indicação de exames, como enfrentar situações de emergência e urgência, manuseio de recursos cirúrgicos, ações diante de momentos de vulnerabilidade, postura médica, base científica para o atendimento de pacientes, etc.

O que você precisa estudar 

A prova contém questões objetivas e discursivas, e deve ser feita dentro do tempo de duração — que é de 4 horas. Os conteúdos são relacionadas às diretrizes curriculares do curso de Medicina, sendo que a prova objetiva é composta por 60 questões, enquanto a discursiva tem 3 questões mais direcionadas para as habilidades clínicas.

Essa não é uma avaliação de caráter punitivo, porém, todo estudante em formação é obrigado a fazê-la. A média também poderá ser utilizada para concorrer às vagas de residência em diferentes instituições, além de ser uma avaliação da sua faculdade, algo que ficará marcado em seu currículo caso ela seja mal avaliada. Por isso, é de extrema importância a dedicação dos estudantes, assim como a preocupação da universidade em oferecer a melhor formação aos seus graduandos.

Os resultados com a Anasem também são uma maneira de você verificar a sua evolução no curso. Como vimos, o estudante de Medicina passa por várias etapas de avaliação em sua vida escolar, desde o vestibular até a última etapa dessa avaliação, além da residência, a dedicação e a disciplina são exigidas para que, no futuro, a recompensa venha por meio de uma carreira bem sucedida.

Que tal deixar seus amigos por dentro de o que é a Anasem? Compartilhe nas suas redes sociais e já comecem agora mesmo a se preparar para não perder prazos e garantir bons resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *