clínico geral

Em meio à extensa lista de especialidades médicas que existem atualmente, principalmente em decorrência do progresso das pesquisas nas áreas da saúde, o clínico geral é aquele que fica no meio de todas elas. Isto é, esse médico é o detentor do conhecimento geral do corpo humano, sendo habilitado a cuidar de muitas doenças que não exigem tratamento específico. Mas, se esse for o caso, ele saberá para qual especialista encaminhar o paciente.

Portanto, quando se tem dúvida sobre algo que não está bem em relação à saúde, o paciente recorre a um clínico geral. Ele o orientará da maneira mais adequada.

Com o objetivo de se fazer conhecer melhor o médico clínico geral, como o que faz esse profissional e como ele é demandado no mercado, elaboramos este artigo. Aproveite a leitura!

O que faz o clínico geral?

O clínico geral é o médico que é usualmente procurado antes de se ir até qualquer especialista. Isso porque, na maioria dos casos, não se sabe o que passa com a saúde do paciente, e este precisa de orientação. É muito recomendado que o procedimento seja exatamente esse, sempre que possível, pois, com um encaminhamento acertado, não há tempo perdido. Afinal, algumas doenças não podem esperar, e com saúde não se brinca!

Além de diagnosticar problemas de saúde, o clínico geral é preparado para tratar de diversas doenças, tendo que encaminhar o paciente para um especialista somente quando for o caso de uma questão específica. Uma curiosidade: de acordo com a Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), o clínico geral pode diagnosticar e tratar 80% dos problemas de saúde.

Entre as ações que podem ficar em suas mãos, citamos as seguintes:

  • revisão (check-up);
  • diagnósticos; 
  • solicitação de exames; 
  • cirurgias; 
  • prescrição de medicamentos;
  • avaliação antes de qualquer cirurgia;
  • avaliação pré-atividades físicas;
  • prescrição nutricional;
  • tratamento de hipertensão e diabetes;
  • micoses da pele e alergias;
  • infecção pulmonar;
  • tireoide;
  • depressão e transtornos de ansiedade;
  • infecção intestinal;
  • anemias;
  • indicação de vacinas; 
  • colesterol.

O principal diferencial em ser atendido por um clínico geral é que ele pode acompanhar o paciente por muitos anos, pois conhece seu histórico e, muitas vezes, cruza dados de eventuais problemas de saúde com o estado psicológico e decorrente de relações familiares. Afinal, ele tem uma compreensão mais ampla do paciente.

Outra importante atribuição desse médico é assessorar os pacientes cuja saúde é muito debilitada e, por isso, são tratados por muitos especialistas ao mesmo tempo. O clínico geral consegue pôr ordem nas condutas médicas e nas medicações que são ministradas. 

O que distingue essa especialização?

clínico geral

A diferença dessa especialização médica para as outras é, justamente, que o clínico geral é o único que se relaciona com todos os demais. A sua formação o prepara para ter conhecimento do funcionamento do organismo humano todo e para saber que atitude tomar — se vai tratar ou encaminhar ao devido especialista. Contudo, a importância desse profissional vai ainda além, como verá pelos tópicos a seguir.

Prevenção de doenças

Você não precisa ir ao médico somente quando está doente. O clínico geral pode ser visitado para checar se tudo anda bem com a saúde do paciente e, assim, ele pode ficar mais tranquilo. Exames de prevenção são uma das formas mais efetivas de evitar que doenças apareçam ou que não possam mais ser tratadas. Ainda, se ele já é acompanhado por um clínico geral há mais tempo, ele logo perceberá quando algo não está normal.

Acompanhamento do especialista

Como o clínico geral está acompanhando o paciente há um tempo, ele está a par do seu estado de saúde e histórico de tratamentos. Com isso, pode passar todas as informações do ponto de vista médico ao especialista e ajudá-lo a conduzir o tratamento da forma mais acertada.

Tratamento de comorbidades

O clínico geral não deve assumir o tratamento de doenças específicas, que são da alçada de um especialista. Todavia, ele pode ajudar no tratamento de doenças comórbidas, isto é, aquelas que são geradas a partir de outras primárias. Por exemplo, o sobrepeso pode estimular o aparecimento de hipertensão ou insuficiência cardíaca. Nesse caso, o clínico dará suporte à cura da doença de base — que, nesse caso, é a obesidade.

Prescrição de medicamentos  

Quando aparecem os sintomas de que algo não vai bem com a saúde, tem aqueles que pesquisam na internet e buscam medicar-se por conta própria. Pois saiba que o clínico geral é o médico que deve ser procurado quando estiver nesse tipo de situação. Ele pode avaliar qualquer tipo de sintoma que o paciente tiver, fazer um diagnóstico preciso e, se dentro da sua alçada, medicar, senão encaminhar ao especialista correto. 

Como se tornar um clínico geral?

clínico geral

Para poder atuar como médico clínico geral, primeiro, o estudante deve passar pela graduação em Medicina, em um curso reconhecido pelo MEC. Isso leva, em geral, 6 anos.

Depois, para obter os conhecimento específicos da sua rotina de trabalho, assim como em outras especialidades médicas, ele deve fazer a residência em Clínica Médica (também chamada Medicina Interna). Ali vão mais dois anos, em média.

Por fim, o clínico precisa fazer o devido registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) para, então, ter a oportunidade de atuar na sua área como médico.

Powered by Rock Convert

Qual é o perfil desse médico?

O clínico geral, por ser o médico responsável por atender aos sintomas em geral, auxilia na prevenção e cura de doenças relacionadas a todas as áreas da saúde. Como o seu raio de atuação é tão amplo e abrangente, o indivíduo que deseja seguir nessa carreira precisa ter muita responsabilidade. 

Além disso, como ele acompanha um paciente por muito tempo ao longo da sua vida, deve ter sensibilidade e tato para lidar com as pessoas, em diferentes idades e estados de saúde — tanto com problemas físicos quanto psicológicos. Ele tem o compromisso de receber os pacientes no consultórios e hospitais, assim como fazer atendimentos de urgência, ouvir queixas, examinar e fazer o diagnóstico.

Por fim, através das informações trazidas sobre o clínico geral, você também pôde ver a importância de se dedicar e investir na educação para atingir o objetivo de uma carreira bem-sucedida. Busque se manter informado sobre estudos e carreira.

Assine nossa newsletter para receber diretamente na sua caixa de e-mail as novidades em temas como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *