mudar de cidade

A aprovação no vestibular é uma conquista incrível, comemorada por todos envolvidos na vida do estudante. Em meio às celebrações, vem a preocupação com a mudança de cidade, a organização da documentação e a preparação para estudar fora.

Quando o estudante é aprovado numa instituição fora da cidade onde reside, pode parecer aterrorizante, principalmente para aqueles que nunca saíram de casa. Nesse caso, é importante fazer um planejamento dessa nova vida que vai iniciar. 

Para muitos universitários, morar numa cidade longe da família e dos amigos é um grande desafio, não só pela saudade, mas pelas responsabilidades que virão. O estudante deve ter um mínimo de organização e focar nos estudos. Se você vai estudar fora, preparamos um guia para mudar de cidade. Confira!

Busque informações sobre a nova cidade

Conhecer a nova cidade é essencial para os jovens que vão se mudar para estudar. Além de pesquisar na internet, é importante consultar os nativos, assim como outros estudantes que já moram no lugar na busca por informações. Entretanto, o mais recomendado é visitar a cidade junto com os pais antes de se mudar. 

As informações mais relevantes sobre a cidade são a respeito dos bairros, especialmente os mais próximos à faculdade, as melhores alternativas de transporte público, bem como segurança e infraestrutura do local. Outras informações importantes são sobre as opções de lazer e diversão, assim como o custo de vida e os pontos negativos. 

Com esse panorama, você estará pronto para se mudar, podendo assim tirar suas próprias conclusões sobre sua nova cidade. 

Powered by Rock Convert

Planeje a mudança

Após a tomada de decisão, é preciso paciência, pois se trata de um momento de muito desgaste. Por isso, é importante estar em boas condições físicas e emocionais, não só pelo fato de a pessoa estar deixando a casa dos pais, mas também porque exige um certo comprometimento em começar um novo e importante capítulo da vida.

Além de roupas e outros itens de uso pessoal, deve-se atentar à necessidade de levar móveis e eletrodomésticos, se necessário. Para isso, recomenda-se a contratação de um transporte para realizar a mudança. 

Caso a opção seja hospedar em hotel, pensão ou hostel antes da mudança definitiva, é melhor levar volumes menores, especialmente se for viajar de ônibus, ou carro de passeio. 

Se o estudante já tiver encontrado a nova residência, precisará verificar as políticas do condomínio para a realização da mudança, como horários e cuidados especiais para dar entrada na casa ou apartamento.

More perto da faculdade

Quando for procurar moradia, dê preferência aos locais mais próximos à universidade. Essa dica é válida não só para os calouros, mas também para os veteranos. 

Nas regiões adjacentes ao campus universitário existem moradias e repúblicas já mobiliadas, além de quartos em casas de família e imóveis com valores acessíveis aos estudantes. 

Ao morar próximo da universidade, o estudante corre menos riscos de atraso para as aulas, economiza tempo e dinheiro para transporte.

Peça ajuda aos veteranos

Os alunos veteranos podem ajudar os novatos dando algumas dicas, como horários de estudo na biblioteca, lanchonetes e restaurantes com preços mais acessíveis etc. Esses colegas podem ser muitos úteis — e não só para fazerem trotes e brincadeiras. 

Os eventos de recepção de calouros podem ser fundamentais para obtenção de informações sobre a cidade e a universidade. Os novos amigos e contatos ajudam nessa fase contando sobre as dificuldades e as experiências de um calouro na nova cidade.

Divida a casa com colegas

No primeiro ano de faculdade, recomenda-se que o estudante não more sozinho e sim com um grupo de colegas. A saudade de casa e a carência marcam esse período, especialmente para aqueles que não estão acostumados a morar longe da família.

Uma opção é dividir a casa com outros colegas, calouros ou veteranos, montando uma república ou, simplesmente, entrando em uma já existente. 

Dividir as despesas e contas da casa representa uma economia e uma forma de criar laços e vínculos de amizade na nova morada. Além disso, um pode contar com o outro para enfrentar os desafios da nova vida. 

Não perca o contato com a família

Hoje em dia, há muitos recursos para continuar mantendo contato com pais, familiares e amigos da cidade natal. Mesmo com alguns quilômetros de distância, o afastamento físico não pode ser uma desculpa. 

Reserve um tempo para conversar com essas pessoas. Existem várias formas de contato, como mensagens pelo WhatsApp, chamadas de vídeo pelo Skype, além do compartilhamento de fotos nas redes sociais. E durante as férias e feriados prolongados pode aproveitar para matar a saudade dos entes queridos com uma visita à sua cidade de origem.

Pesquise bem a faculdade

Quando chegar à nova cidade, procure conhecer o campus universitário antes de iniciar as aulas, para conhecer a infraestrutura do local. Isso é tão importante quanto se informar sobre a cidade.

Busque pelos serviços oferecidos pela universidade, assim como locais estratégicos, secretarias e lanchonetes, por exemplo. Ao visitar os prédios, bibliotecas e laboratórios, dê uma verificada nos murais de informações existentes na faculdade e se saiba sobre os grupos de estudo, as áreas de lazer e outras pontos interessantes, como imóveis para alugar, festas e outros eventos.

Powered by Rock Convert

Aprenda as tarefas do dia a dia

Algumas tarefas da casa, como a lavagem das roupas, o preparo dos alimentos, as compras, o pagamento de contas e a manutenção da ordem e limpeza, passarão a fazer parte do cotidiano. Essas atividades fazem parte da vida de quem mora longe da família.

Dessa forma, treinar tudo isso antes de morar sozinho é melhor que aprender à força e sozinho. Por isso, é importante pedir auxílio para as pessoas mais experientes. Nesse tempo, também é interessante aprender a fazer algumas receitas para aqueles dias em que der saudades da comida da mamãe. 

Mudar de cidade para estudar fora pode ser um grande desafio para os jovens. No entanto, é um passo importante para conquistar a independência e a formação profissional. Portanto, deve ser vista como uma oportunidade de crescimento e amadurecimento.

Gostou dessas dicas para mudar de cidade? Quer conferir outros artigos como este? Então siga-nos no Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram ou YouTube e não perca nenhuma novidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *