como fazer amigos na faculdade

A jornada escolar é repleta de boas amizades. Além disso, os amigos da faculdade têm um diferencial muito importante em relação aos do ensino básico: eles serão seus colegas de profissão. Vocês vão ser referências uns para os outros na hora de uma indicação no futuro, assim como bons aliados nos estudos. Mas como fazer amigos na faculdade?

Na vida de calouro, fazer novos amigos pode não ser tão fácil como era no colégio. A rotina de quem faz faculdade é mais focada na carreira, por isso, muita gente se empolga e acaba esquecendo de socializar — sendo que esse é o momento de fazer um bom networking e criar laços duradouros tanto no âmbito pessoal quanto no profissional. 

Neste post você vai conhecer um pouco mais sobre os desafios enfrentados pelos calouros, além de aprender algumas dicas sobre como fazer amigos na faculdade. Continue a leitura e descubra!

Como funciona e quais são os desafios da vida de calouro?

Alguns calouros precisam mudar de cidade para estudar. Para essas pessoas, ficar longe da família e dos amigos de infância acaba refletindo em um certo isolamento no começo da faculdade, mas isso não precisa acontecer. Suas novas amizades serão um porto seguro nos momentos de saudade, ajudando a deixar a solidão de lado.

Cada um tem sua maneira de fazer amigos na faculdade. Existem aqueles descolados, que já chegam conversando com todo mundo, mas há também os tímidos, que demoram um pouco mais para interagir. Tem o pessoal que gosta mais de juntar a galera para estudar, enquanto outra turma quer marcar uma balada já na primeira semana.

Independentemente do seu perfil de estudante, fazer amigos na faculdade é uma maneira de manter as boas relações com o grupo em si, mas também de garantir a boa saúde mental individual. A vontade de estar em casa, com as velhas amizades, vai bater de vez em quando, mas com os bons amigos do curso, isso pode ficar menos doloroso. 

Entre os desafios da vida de calouro está a relação com as disciplinas cursadas, já que vários professores vão pedir trabalhos em grupo. Conhecer algumas pessoas que têm mais afinidade com você pode ajudar a garantir boas notas nas apresentações e nos estudos como um todo.

Qual é a importância das relações nesse período?

Como vimos, as relações interpessoais na faculdade são importantes para todos os momentos, seja durante as atividades e os estudos, seja na adaptação para viver em uma cidade diferente. Da mesma forma, ter amigos ajuda nas horas de lazer e bem-estar. As amizades feitas na faculdade acabam sendo um refúgio para quando a rotina fica um pouco mais estressante.

Em algumas atividades você vai conhecer outros calouros e, provavelmente, vocês vão dividir as mesmas aflições. Por isso, é importante participar da primeira semana de aulas e da recepção dos novatos do seu curso ou de toda a universidade. Assim, você não ficará fechado em um único grupo de pessoas. Quanto mais contatos você fizer nesse período, mais chances tem de desenvolver boas relações no futuro.

Powered by Rock Convert

O que fazer para ter bons amigos na faculdade?

Existem diferenças entre colega e amigo. Nesse sentido, cada um deles tem a sua importância diante do cenário acadêmico. Os amigos são aqueles com quem você tem afinidade, enquanto os colegas são as pessoas conhecidas, que estão na sua sala ou na mesma faculdade. Nada impede, no entanto, que uma relação mais próxima se construa e uma amizade se forme com o tempo. 

Mesmo com o contato todos os dias nas aulas e nos corredores da universidade, algumas pessoas ainda sentem dificuldade de fazer amigos nesse período. Separamos algumas dicas para você se adaptar à vida de calouro. Confira!

1. Participe dos eventos e das festas de integração

A participação já começa logo na recepção de calouros, e com o tempo aparecem os congressos, os minicursos, as palestras, entre outros eventos com a presença dos veteranos.

Conhecer quem já passou por essa experiência e está nos últimos períodos é uma maneira eficiente de fazer amigos na faculdade e, consequentemente, aumentar seu networking.

2. Faça parte dos grupos de estudos

Os grupos de estudos são encontros entre pessoas com os mesmos objetivos de pesquisas, mas também pode ser a galera se juntando para estudar antes de provas e atividades.

Muitos cursos têm grupos ofertados pelos docentes, com o objetivo de aumentar a produção científica da área — uma oportunidade para crescer profissionalmente e fazer novos amigos com os mesmos interesses acadêmicos.

3. Invista na simpatia e se disponibilize a ajudar quem precisa

Por vezes, a dificuldade para fazer amigos acaba parecendo antipatia. Nesse sentido, busque ser mais simpático, cumprimente as pessoas sempre que chegar a algum lugar e converse com quem está próximo de você sempre que tiver chance, até mesmo na fila da lanchonete.

Outra ajuda sempre bem-vinda é nos estudos: se você tem mais facilidade em determinada disciplina, ofereça apoio aos colegas que estão com dificuldade.

Powered by Rock Convert

4. Seja participativo nas redes sociais

As redes sociais têm sido aliadas de várias instâncias dentro das universidades. Para além da socialização entre amigos, essas mídias passaram a ser ferramentas úteis para a comunicação entre professores, estudantes e toda a comunidade acadêmica.

Em grupos no Facebook, por exemplo, é possível deixar recados e lembretes de eventos, provas e apresentações de trabalhos, assim como fazer discussões sobre assuntos das aulas. Outro meio muito utilizado para melhorar a comunicação é o WhatsApp. Por meio dos grupos, as dúvidas podem ser tiradas pelos próprios colegas e até mesmo pelos docentes.

Neste post, vimos a importância de saber como fazer amigos na faculdade, principalmente para quem ainda está na vida de calouro. Esse é um período de mudança e adaptação quanto às novas amizades, à distância de casa, aos novos métodos de ensino etc. Por isso, busque se aproximar de pessoas com quem você tem afinidade e sejam verdadeiros amigos!

Não é fácil sair da rotina do ensino médio e cursinhos para uma vida acadêmica longe dos amigos e dos familiares. Pensando nisso, preparamos um conteúdo sobre os desafios de morar longe da família. Aproveite para conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *