cidade universitária

Quem não nasceu ou nunca morou em uma cidade universitária, provavelmente não conhece muito bem suas peculiaridades. É claro que tudo depende do ponto de vista, afinal, existem fatores positivos e negativos envolvidos.

Se você está considerando essa opção ou já está prestes a se mudar para um ambiente como esse, listamos aqui as principais vantagens para encorajá-lo a viver essa experiência. Acompanhe os tópicos a seguir e descubra como pode ser bom!

1. Ambiente estimulante

Uma cidade (ou até mesmo um bairro) que praticamente gira em torno de uma faculdade tende a ser um local estimulante. O que isso quer dizer? Estamos falando de um ambiente que recebe pessoas de vários lugares, que está sempre movimentado pelos estudantes indo e vindo, que geralmente é cheio de eventos etc.

Quando a instituição de ensino oferece vários cursos e tem um número grande de alunos, essa movimentação é quase que garantida. Em alguns casos, os municípios contam com faculdades menores e, em outros, com apenas um centro universitário de maior porte.

Apesar das diferentes conjunturas, os jovens costumam causar uma agitação gostosa, inclusive com a participação da comunidade local em muitas ocasiões. Tudo isso ajuda muito a acolher quem vem de fora e quer fazer amigos na faculdade para não se sentir sozinho.

2. Custo de vida mais barato

Em geral, estudantes não ganham tanto dinheiro ou recebem ajuda da família para cobrir os gastos enquanto se dedicam aos estudos. Diante dessa realidade, as cidades universitárias precisam ter um custo de vida mais barato para atrair essas pessoas e “combinar” com o perfil de grande parte dos moradores.

A tendência é que os preços sejam mais atrativos, principalmente de aluguel e alimentação. Cobrar valores acima da média do mercado é capaz de levar à falência os proprietários de imóveis ou comércios, pois a renda do público não é tão alta — e muitas vezes ainda é preciso arcar com as mensalidades dos cursos particulares.

3. Mais possibilidades de networking

cidade universitária

O contexto universitário é favorável à construção de networking, já que é formado majoritariamente por pessoas que estudam e atuam em diversas áreas do mercado. Além dos alunos e professores, é natural que empresários e outros tipos de profissionais se aproximem de um ambiente rico em oportunidades.

Portanto, se você está vivendo em uma cidade com essas características, não deixe de expandir sua rede de contatos. Participe de eventos, faça amizades e aproveite todas as chances de conhecer pessoas para trocar experiências.

Tenha em mente que um bom network pode ser essencial para o desenvolvimento da sua carreira, não só na indicação de vagas como na aquisição de conhecimento.

4. Facilidade de deslocamento

A infraestrutura do trânsito é outro ponto que normalmente se ajusta ao perfil de moradores da cidade. Por mais que existam bairros de maior concentração de estudantes, eles podem estar espalhados por todos cantos e precisam se locomover com frequência — o que exige que os deslocamentos sejam facilitados.

Nesses locais, as linhas de ônibus que circulam dentro do município costumam ser bem abrangentes. É claro que morar perto da faculdade ajuda muito a otimizar o tempo no dia a dia, mas esse não é o único destino de interesse, certo? Então, é interessante que todos os pontos sejam acessíveis para quem não tem seu próprio carro, por exemplo.

5. Variedade no comércio

Os alunos que mudam de cidade para estudar em uma cidade universitária precisam de suporte no dia a dia. Isto é, de opções para suprir suas necessidades diárias. Não que a população do próprio município não necessite, mas a presença dos estudantes incentiva a abertura de negócios para atender às demandas.

Por isso, é comum que esses locais tenham uma grande variedade de comércios, como supermercados, farmácias, papelarias, salões de beleza, restaurantes, padarias, lanchonetes e tantos outros.

Consequentemente, a concorrência deve refletir em boa oferta de produtos e serviços, além da competição pelos preços. A dica para quem tem um orçamento mais apertado é ficar sempre atento até encontrar o melhor custo-benefício.

6. Oportunidades de emprego

Naturalmente, um local repleto de pessoas que estão se capacitando para a vida profissional atrai empresas que buscam mão de obra qualificada.

Pode até ser que essas organizações não estejam situadas exatamente na mesma cidade, mas elas ficam de olho nos alunos. Se o ambiente incentiva o empreendedorismo, é possível até que muitas das empresas tenham sido fundadas por ex-alunos, por exemplo.

Esse é um dos motivos para escolher uma instituição que tenha um boa conexão com o mercado de trabalho, independentemente se o foco de atuação está no mundo corporativo, instituições de saúde ou educacionais. Quando a qualidade da faculdade é reconhecida e ela tem essa iniciativa de fazer parcerias com os negócios ao seu redor, todos saem ganhando.

7. Diversidade de lazer e entretenimento

cidade universitária

Por fim, nem só de livros vive um estudante, não é verdade? A diversão também é uma parte importante da vida dos universitários para fugir um pouco da rotina e relaxar no tempo livre, sobretudo para aqueles que moram longe da família.

Nesse caso, os empreendedores locais geralmente aproveitam as circunstâncias favoráveis para promover festas, shows e outros tipos de eventos, além da abertura de estabelecimentos voltados para o entretenimento — tipo baladas, bares, cinema, clubes etc.

Ou seja, aqueles que gostam de um agito vão se dar bem nesses locais. Aliás, um detalhe curioso é que, quando a cidade universitária é pequena, outros municípios próximos da região se movimentam para atrair os jovens. Logo, é bem provável que não faltem alternativas de lazer.

Enfim, listamos todas essas vantagens para você entender como essa pode ser uma ótima experiência, não só para a vida acadêmica e profissional. É uma fase de muita dedicação e amadurecimento, mas cheia de oportunidades incríveis.

Nos últimos anos, Pelotas conquistou esse reconhecimento de cidade universitária, sendo hoje uma excelente opção de lugar para morar e estudar. Se você quer fazer Medicina, não tenha dúvidas e venha para cá!

Gostou do post? Ao assinar nossa newsletter, você vai poder acompanhar os conteúdos aqui do blog e todas as novidades da UCPel de um jeito super prático. Faça já sua inscrição para receber outras dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *