mudança de curso

Fazer uma faculdade é o sonho da maioria dos jovens, sendo muito importante para aumentar as possibilidades no mercado de trabalho. No entanto, nem sempre a primeira escolha é aquela que faz os olhos brilharem. Nesse caso, a mudança de curso é uma boa opção para quem deseja seguir uma carreira diferente, principalmente na área médica.

De fato, medicina é um dos cursos mais almejados, pelo prestígio, pelas possibilidades de carreira e o impacto na vida das pessoas. O problema é que, com a alta concorrência nos vestibulares, muitas vezes essa não é a primeira escolha dos jovens.

Se você perdeu o interesse pelo seu curso, o jeito é trocar mesmo, por meio de uma transferência. Mas como fazer a escolha certa? Continue lendo o artigo e conheça nossas dicas para uma mudança de curso tranquila e sem nenhuma dúvida!

Como saber se é hora de fazer a mudança de curso?

mudança de curso

Antes de tudo, é bom ter certeza sobre a sua decisão de mudar de curso. Assim, é bom pensar se você gosta de estudar as disciplinas, se está satisfeito com os professores e com a instituição. Mas mais do que isso, tente se colocar em uma situação profissional e veja se consegue se imaginar como um profissional naquela carreira.

A partir daí, se a dúvida persistir, escreva em um papel os motivos para você permanecer no curso atual e para mudar de área. Faça a mesma coisa para a faculdade, analisando as vantagens e desvantagens de continuar nela ou pedir uma transferência.

Depois disso, é hora de verificar se a Medicina é mesmo a carreira que você deseja. Confira quais são os conteúdos abordados nas aulas, como é o dia a dia durante a faculdade e depois de formado. Se possível, converse com alguns profissionais para entender como é a rotina deles e o que os levou a optar pela carreira médica.

O que fazer para mudar de curso sem problemas?

Com a certeza de que a mudança de curso é a melhor decisão, é hora de pesquisar faculdades de medicina e os melhores cursos. Selecione algumas opções e faça comparações entre elas. A seguir, veja o que deve ser considerado na sua escolha.

Conheça a grade curricular do curso

Uma das primeiras coisas a se fazer é verificar a grade curricular, com as disciplinas que serão estudadas na faculdade. Conhecê-las é um passo importante para a sua decisão e para que você tenha certeza sobre a mudança de curso.

Dessa forma, confira todas as disciplinas estudadas e abordagem delas, o que costuma estar descrito no site da instituição. No geral, os conteúdos são os mesmos, mas pode haver pequenas diferenças que sejam relevantes para a sua escolha. Inclusive, pode ser que você possa aproveitar algumas disciplinas, caso a sua grade curricular seja semelhante.

Outra questão é analisar o método pedagógico, pois cada curso de medicina pode adotar uma metodologia própria, que podem agradar ou frustrar os estudantes. Tudo isso deve ser considerado para evitar novas dúvidas adiante.

Confira a avaliação da faculdade

No caso das faculdades de medicina, elas precisam ter uma autorização especial do Ministério da Educação (MEC) para funcionar. Ou seja, o diploma de qualquer curso de medicina é reconhecido pelo MEC.

No entanto, é importante levar em conta a nota de avaliação do curso, cujo valor varia entre 1 e 5. A partir de uma nota 4, a instituição já é bem avaliada, oferecendo uma boa infraestrutura e um ensino de qualidade, com o reconhecimento do MEC.

Verifique a infraestrutura do curso e da faculdade

E por falar em infraestrutura, é bom comparar a qualidade dos espaços oferecidos pela faculdade, como laboratórios bem equipados com máquinas e equipamentos novos, uma biblioteca variada e salas de aula confortáveis.

No caso específico de medicina, é bom verificar se o curso tem um hospital e ambulatórios próprios para as aulas práticas. Também é interessante contar com parcerias com hospitais locais para reforçar o aprendizado prático.

Além disso, a própria faculdade deve ter uma boa infraestrutura, com serviços de alimentação, transporte, entre outras comodidades que podem simplificar bastante a sua vida universitária. Se possível, faça uma visita ao campus, conhecendo todos os espaços.

Pesquise sobre o corpo docente

Mas um campus bonito e bem equipado não é suficiente para uma boa formação, não é mesmo? Por isso, conheça quem são os professores do curso, afinal, são eles que vão transmitir conhecimento a você.

Assim, veja no site da instituição quem são os professores das disciplinas. Caso não existam informações do currículo de cada um, faça uma pesquisa na plataforma Lattes ou peça essas informações na própria faculdade.

Converse com alguns alunos

Ora, ninguém melhor que os próprios alunos para dar opiniões sobre uma faculdade. Dessa forma, se você está pensando em fazer uma transferência externa, veja se há reclamações em sites da internet e se elas foram resolvidas. 

Agora, se está pensando em fazer uma transferência interna, é bom entender quais são os atrativos do curso de medicina, além do que você já conhece da instituição. Procure conversar com alguns alunos do curso para saber o nível de satisfação e como é a rotina deles.

Avalie o valor da mensalidade

mudança de curso

Por fim, é necessário avaliar o valor das mensalidades. O curso de Medicina costuma ter um custo maior que as demais áreas, por isso, é bom verificar se o valor cabe no seu orçamento ou se existe a possibilidade de financiamento, por meios externos ou pela própria instituição. A questão aqui é observar o custo-benefício, pois um valor muito baixo pode não garantir uma boa qualidade no ensino.

Já quem tem Prouni, pode pedir transferência desde que a carga horária não exceda o tempo da bolsa concedido anteriormente. Nesse caso, como Medicina tem uma duração maior que os outros cursos, pode-se fazer um financiamento apenas das mensalidades restantes.

De todo modo, a mudança de curso é uma boa opção para quem está insatisfeito, principalmente por todas as vantagens oferecidas pela carreira médica. Por isso, avalie todas as possibilidades, preferindo uma faculdade renomada e com uma boa avaliação institucional.

Conseguimos tirar suas dúvidas sobre como mudar de curso para fazer medicina? Quer conferir mais dicas sobre a área médica e a graduação? Então, curta nossa página no Facebook e não perca nenhum conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *